sábado, 30 de junho de 2012

This way you gonna kill me!!


Jared Padalecki veio ao Brasil em maio para a RoadhouseCon realizado pela Midiakriativa; que pelo sucesso da primeira convenção realizará a RoadhouseCon 2013; voltando... Jared estava tranquilamente em seu Painel e ele resolveu tirar o blazer foi ai que as fãs brasileiras começaram a cantar a versão em ingles da musica mundialmente conhecida como "AI SE EU TE PEGO" de Michel Telo!!






Clique aqui para pular para a parte do video que elas cantam "oh if i catch you"
POST COMPLETO!! ►

“uma mulher corajosa, inteligente e sarcástica.”


Assim será Amelia o novo interesse amoroso de Sam depois da morte de Ruby! Amelia é uma médica entre 20 e 30 anos, e quando nós a vemos pela primeira vez ela está oprimida por uma tragédia devastadora. Ela irá aparecer no terceiro episódio  que será dirigido por Jensen Ackles,  e ela no começo estará bem cautelosa com o Sam. 




Neste episódio veremos Sam investigando terríveis assassinatos que parecem estar relacionados com o Oculto/Esotérico. E claro, presumindo que Dean já está fora do purgatório, ele também estará envolvido na investigação. Pelo bem de Dean, nós temos uma grande esperança, que ele esteja de volta em tempo, pois neste caso uma stripper também está envolvida, e todos nós sabemos como ele se sente em relação  a strippers.


FONTE:ZAP2IT
POST COMPLETO!! ►

SPOILERS

POST COMPLETO!! ►

03/10/12

Já vai começar as filmagens da 8°temporada, Jensen dirigindo episódios,algumas fotos,spoilers, ai a CW resolve divulgar que a 
8°temporada de Supernatural terá sua premiere no dia 03 de outubro de 2012!!

POST COMPLETO!! ►

Jensen no Aeroporto de Vancouver!

Não disse que Jensen estaria em Vancouver para a Pré-produção da 8°temporada de Supernatural pois ele dirigirá o 1°episódio a ser gravado e o 3° na ordem de exibição!!(8x03)!!


Vou provar olha só uma foto de Jensen Ackles no aeroporto de Vancouver!!
Jensen Ackles (Dean Winchester) no aeroporto de Vancouver para dirigir o 3° episódio de Supernatural; ele está de barba pois acredita que é o unico jeito de não ser Dean Winchester quando esta atras das câmeras!!
POST COMPLETO!! ►

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Google DOCs


Eu brincando de desenhar no google DOCs(não deu muito certo!!kk)
https://docs.google.com/drawings/d/1AY45g5uV3C-BcHqasgdmhQOK7QCsXsqXAA4CziwU3TQ/edit
POST COMPLETO!! ►

terça-feira, 26 de junho de 2012

SUPERNATURAL


POST COMPLETO!! ►

Pré- produção da 8°temporada!!

As filmagens da 8°temporada de Supernatural começarão no dia 09/07 deste ano!Provavelmente Jensen já esta em Vancouver pois ele dirigirá o primeiro episódio a ser gravado e o terceiro a ser exibido!!

POST COMPLETO!! ►

Se prepare para o Purgatorio!!

POST COMPLETO!! ►

domingo, 24 de junho de 2012

Season Seven - Mesa redonda Parte 3 Sam Winchester


 Mas uma vez digo que foi feita pelo Tvovermind e traduzida pelo Supernatual is life!!A trama/enredo de Sam.

Sam tem estado muito ocupado nestas últimas duas temporadas. Voltando do inferno sem sua alma tendo a “barreira” em sua cabeça quebrada, Sam na realidade tem sido mais a base do arco histórico do show do que Dean ultimamente. Não que isso seja um problema, veja bem, porque eu gosto dos dois personagens e quero que ambos tenham um arco histórico. A trama da história de Sam durante a sétima temporada foi provavelmente o único ponto em que houve algum desentendimento entre os participantes dessa mesa redonda.

Primeiramente, todos nós concordamos sobre a interpretação de Jared Padalecki de um Sam “quebrado”. Para mim, particularmente, o episódio 7.17  -“The Born-again identity”, deu a Jared uma oportunidade de ouro para brilhar, e ele brilhou em todos os sentidos. Vinnie disse que “A quebra do estado mental de Sam nos deu o que foi um dos meus momentos favoritos na história de Supernatural. A imagens das pessoas na biblioteca batendo suas cabeças contra as mesas em “Repo Man” foi espetacularmente perturbadora.” E juntando a história de Sam com o reaparecimento de Lúcifer permitiu que a atuação Mark Pellegrino brilhasse, que os dois atores juntos soltassem faíscas.




Tina ficou feliz que “a história de Sam foi clara. Castiel quebrou a parede em sua mente. Sam tinha que lidar com esses delírios que incluíam ver Lucifer 24/7. Embora nós não pudéssemos vê-lo sempre, nos sabíamos que ele estava lá. Ele estava enlouquecendo e nós não sabíamos como isso iria ser resolvido. Mas foi, graças a Castiel. Houve um começo, meio e fim a essa história e foi ótimo.”  Aqui é que algumas pessoas tiveram problemas, como Tina explica:”Meu problema foi a continuação da trama que começou no começo da última temporada. Eu acho que foi tão longa  e nós não conseguimos ver os efeitos da queda da parede na cabeça de Sam como gostaríamos". Alice acredita que  as alucinações de Sam foram mostradas de maneira espetacular em “Hello, cruel world”, mas que a falta de efeitos colaterais perceptíveis depois disso foi muito decepcionante.

Laura assinalou que “nós sabemos, pelo que o Jared e os produtores falaram, que Sam estava lutando com as alucinações do inferno durante o ano todo, e que Jared estava tentando sutilmente adicionar estes maneirismos mesmo em episódios não focados na “parede caída/quebrada”, mas a realidade é que na edição isso raramente foi mostrado para o público, o que apareceu foi que houve grandes períodos de tempo no qual basicamente funcionava com um ser humano comum e saudável. Infelizmente isso debilitou a severidade de sua situação.”

É claro que entendemos o ponto crucial do problema: Sam não poderia ficar louco na maior parte da temporada. A verdade é que Castiel, como um personagem auxiliar, pôde agir meio transloucado. É engraçado e faz sentido. Mas Sam não poderia passar 17 episódios de Supernatural ou como um hippie louco tipo Castiel, ou em uma situação pior, em estado vegetativo, como Laura disse. Quebrar a parede na cabeça de Sam foi um passo gigantesco, e a maioria de nós desejamos que um meio termo entre o Sam funcionando normalmente e o Sam completamente louco por uma temporada inteira pudesse ter sido achado/mostrado.

O que a maioria de nos concorda foi com a resolução da trama. Alguns de nós, como Danielle e Alice, acharam que a solução foi um pouquinho fácil demais. “Pareceu muito fácil, o Castiel magicamente consertá-lo (curá-lo) – especialmente porque no final, Castiel foi consertado também,” Danielle explicou. O restante de nós acredita que a resolução foi apropriada, dadas as difíceis circunstancias. “No que se refere a sua recuperação, eu nunca tive um problema de como isso foi feito. Honestamente não havia outra maneira para encerrá-lo. Eu acho que a deterioração dele e sua recuperação foram bem feitas. Bem feitas de uma maneira realística? É claro que não, mas eu não esperava  que eles fizessem isso (de uma maneira realística).” Vinnie disse.

 

Na minha crítica do episódio 7.17, eu também concordei que a resolução foi a melhor possível dadas as circunstancias. Sam foi “curado” de ter um esgotamento nervoso (o que não poderia realmente acontecer com um dos dois principais personagens de Supernatural) e isso também fez com que Castiel tivesse a oportunidade de assumir um pouco da responsabilidade de ter “quebrado” a parede, mesmo que isso não necessariamente representasse a mesma coisa para ele como foi para Sam (embora, dado o status angelical, isso é esperado). Mas o que pareceu um pouco esquisito foi que “o conserto” tenha curado Sam completamente. “Castiel tirou as alucinações de Sam, e eu acho que ele ainda deveria estar sofrendo  de algum tipo de estresse pós-traumático após ter passado um tempo no inferno,” Laura disse, e Daniele comentou “Lúcifer pode não estar esgueirando-se em sua cabeça, mas e quanto ao estresse pós-traumático? Ele voltou ao normal tão rapidamente!”

Teria sido interessante de ver Sam sentir um pouco dos efeitos colaterais da sua estada no inferno, principalmente porque sabemos o quão bem o  Jared pode retratar um Sam desencorajado e nas últimas. Em alguns aspectos eu acho que Sam tem menos oportunidades de se mostrar “quebrado” do que Dean. A dor de Sam normalmente se manifesta em ira/cólera, ao passo que a dor de Dean geralmente se manifesta em desespero. Isso pode ser atribuído as caractericticas gerais dos próprios personagens, mas, Laura mencionou que, “ Eu sei eles são machões e durões que já passaram por um montão de problemas e experiências terríveis, mas o inferno é o inferno, e você não pode simplesmente ignora-lo, nem mesmo sendo um Winchester.”

CONTINUA....
POST COMPLETO!! ►

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Season Seven - MESA REDONDA Parte 2 Dean Winchester



A primeira parte dessa mesa redonda que foi feita pelo TV OVERMIND e traduzida pelo Supernatural is Life esta AQUI.
Esta é a Parte 2 é voltada ao Dean e NÃO é a ultima parte!!
 
A trama/enredo de Dean.

Nós todos sentimos que Dean estava um pouco desprovido de história pessoal esta temporada. Na sétima temporada sua depressão e alcoolismo pioraram. “Eu acho ok com o problema de alcoolismo do Dean, faz sentido, mas Dean estava apático e depressivo, apenas indo por ir. Ele não tinha a paixão, o fogo e não encontrou o seu ritmo,” Alice disse.
 
Ela não está errada. A apatia de Dean tem progressivamente piorado desde a sua volta do inferno. Nós assistimos por várias temporadas este homem ser constantemente derrotado pela vida. Em vários aspectos, ele passou por uma das maiores transformações que qualquer outro personagem, pelo menos no que se refere ao cerne de suas características. Ele é ainda um feroz caçador, mas aquele “fogo” que havia nas temporadas anteriores parece estar perdido para nós e para ele. Como mencionei anteriormente, a versão mais excitada/entusiasmada que vimos dele foi quando ele ameaçou Dick quando Bobby foi ferido. Ele estava aterrorizante e zangado, algo que há tempos não víamos. Este tipo de Dean que eu gosto de ver e gostaria de ver com mais frequência. É o tipo que ferozmente/intensamente protege seu irmão e a todos que ele ama e adiciona bastante ao seu charme e o quanto ele se vangloria antes de derrotar os caras maus.

Jensen Ackles está sempre excelente como Dean. A performance dele é sempre quase perfeita que a gradual queda a depressão nunca parece forçada e faz sentido. E normalmente é de quebrar o nosso coração. A performance dele nunca é o problema. O problema é que talvez tenhamos chegado ao ápice de sua apatia. Tina disse que “Eu acho que o fato dele estar bebendo muito e deprimido iria nos levar a algum lugar. Não nos levou. Então isso se tornou um elemento muito insatisfatório durante esta temporada. Mas Dean sempre tem ótimos momentos e ele nos deu vários esta temporada.” Laura vai mais fundo explicando que “Eu fiquei muito desapontada que mesmo depois de  toda aquela bebedeira e depressão, os escritores ainda negaram a ele uma oportunidade de ter um cartático ataque de fúria, como o que tivemos no começo da segunda temporada quando ele literalmente descontou no Impala toda a sua dor pela perda do pai. Jensen poderia ter feito maravilhas com um material desse, toda essa angústia ainda está como uma  bola de ferro acorrentada a seu tornozelo.”

“Eu sinto Dean como uma destas figuras trágicas que parecem ainda mais trágicos porque nós o vimos ter a oportunidade de ser feliz e ele decidiu abandoná-la na temporada passada. Este ano ele mergulhou fundo, no que eu chamo de depressão, mas pelo o que o show na realidade não deu indícios de ser diagnosticável/indentificável. Eu me sinto atraída pelo lado sombrio dos personagens, e é por isso que continuei intrigada por Dean, mesmo quando a história era contida, eu ainda tinha esperanças de que haveria alguma recompensa nesta temporada. Com a sua bebedeira ou com Bobby ou com o fato de que seu irmão estar realmente melhor, e que ele também agora é o irmão e caçador mais forte, esta mudança de papel (cargo) com certeza trará novos conflitos,” Danielle diz.

As duas primeiras temporadas nos mostrou e consagrou Dean no papel de protetor de Sam, um papel que eu sempre gosto de vê-lo.  O relacionamento deles é a base deste show. Mas as temporadas 3  a 5 deram um arco mitológico para Dean. Para mim a terceira temporada foi toda focada em Dean. Mas, como Laura mencionou, ele esta sendo “reativo ao invés de ativo durante toda essa temporada.”  O seu estado atual é compreensível devido a história do personagem, mas eu estou esperançosa de que essa viagem ao purgatório traga a ele mais um propósito de lutar. Dean frequentemente luta por aqueles que ele ama ou por dever, mas sobreviver ao purgatório pode lhe dar uma razão para lutar por si mesmo. Pode ser a razão para continuar que eles estava procurando por esta temporada. 

 
CONTINUA...
POST COMPLETO!! ►

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Season Seven - MESA REDONDA

Essa mesa redonda é uma analise feita por (fãs desocupados) criticos de Superanatural sobre a 7°temporada; foi publicada pelo site TVOVERMIND e traduzido pelo SUPERNATURALISLIFE se quiser ler o original em inglês este é o link(www.tvovermind.com/)










Essa é a PARTE 1, postarei o restante quando disponivel!!

MESA REDONDA – SUPERNATURAL SÉTIMA TEMPORADA – UMA OLHADA PARA TRAS E UMA OLHADA À FRENTE.

O que vocês acharam do gancho de Supernatural? Com Dean  preso no purgatório, e Sam completamente sozinho aqui na terra, e os fãs desesperados com os quatro meses até o início da oitava temporada, nós temos bastante tempo para digerir o que aconteceu nesta temporada e olhar a frente para a próxima.
Dezembro último, eu conversei com alguns amigos que escrevem sobre Supernatural para partilharmos as nossas impressões sobre a metade da temporada. Foi tão interessante que nós nos juntamos novamente para dividir as nossas impressões sobre a temporada toda. Participando nesta mesa redonda estão – eu (Clarissa), Laura Prudom do HuffPostTV, Vinnie de Winchester Brothers, Danielle Turchiano de Possible By Pop Culture, Alice Jester de Wichester Family Business, Tina Charles de TVGuide e Nikki Novak de Winchester Daily.  O que me pareceu muito interessante, foi que ao ler os comentários deles, nós concordamos em  vários assuntos que escolhemos discutir nesta análise. Muitas de nossas críticas e elogios são os mesmos, que são do mesmo tipo dos comentários que tenho lido on-line dos fãs. Esta revisão é longa, mas há muita coisa para falar sobre esta temporada que acabou.
  Os Levithãns como os vilões.
A maioria de nós concordamos que Dick Roman era um excelente líder para os Leviatãs. Sempre adulador e divertido, Dick foi bom vilão (como líder). “Dick foi o meu tipo de vilão favorito: arrojado, charmoso, diabolicamente calmo e assustador quando nervoso,” nos diz Vinnie. Eu particularmente gostei da interação de Dick e Crowley no final da temporada. Colocar esse dois arrojados e carismáticos atores juntos foi uma ideia ótima.  Eles fizeram com que negociações ficassem mais divertidas. Mas o nosso amor por Dick não fez com que nós nos apaixonássemos pelos Leviatãs como os grandes vilões.
Mas temos que ser honestos, seria difícil ultrapassar Lúcifer – o próprio Diabo – como vilão. “Havia uma expectativa na criação do arco mitológicos dos Leviatãs, porque depois de vencer Lúcifer, quem poderia superá-lo ou ser pior do que ele?, pelo menos para mim. Os Leviatãs tinham que ser maiores, piores, mais sombrios e mais malignos – e especialmente mais astutos -  para serem vilões acreditáveis, e os grandes vilões da temporada,”disse Danielle. Em muitos aspectos, nós concordamos que a ideia dos Leviatãs era boa, mas em outros, concordamos que não foi bem desenvolvida. Nikki explicou “haviam tantos ângulos diferentes que poderiam ter dado certo com  estes monstros, mas no fim eu senti que o “grande plano” era meio furado. Eles foram apresentados como sendo muito assustadores, mas não assustaram. Em “Slash Fiction” quando Sam e Dean foram clonados foi o mais assustador que eles se tornaram durante toda a temporada. Eu queria acreditar na estória do arco mitológico dos Leviatãs, mas não consegui.”
Em vários aspectos é difícil em duplicar a sede de vingança que Sam, Dean e John tinham em matar Azazel, porque havia uma história de 20 anos entre eles. Por causa disso ele foi quase o tipo de vilão “perfeito”, sempre pairando na sombras, nos pensamentos dos fãs e dos protagonistas. Mas os Leviatãs pareciam um tipo de “reparo ou ideia adicional” – algo que era mencionado aqui e ali apenas para nos lembrar que eles ainda estavam lá.
Individualmente, muitos dos Leviatãs que nos conhecemos eram divertidos, mas eu concordo que o plano mestre não era assim tão aterrorizante. Eu me senti assim como, “oh, então é isso?” do que, “putz, isso é bem assustador!” Os Levis foram os vilões mais diferentes que nós já encontramos e seu plano mestre – e a maneira como eles usaram para alcançá-lo – entrando num lado mais de como nossa sociedade é hoje. O que não é necessariamente uma coisa ruim, mas há uma razão para a qual vilões mais religiosos ou semi-religiosos – com objetivos correspondentes – foram bem mais efetivos no show. Demônios,  anjos vingativos e o diabos são aterrorizantes porque eles estão na nossa historia desde a nossa infância.  Nós tememos a maioria destes vilões, ou pelo menos a ideia deles.
Criar um novo tipo de monstro do nada é um objetivo nobre, mas se não é o tipo de monstro com o qual nós podemos nos relacionar (ter uma empatia), eles não funcionam. Misturar um monstro histórico (por exemplo, os Levis que são teoricamente muito antigos) com o objetivo de escravizar os humanos parece mais um tema de ficção científica (uma concepção futurística) e não é aterrorizante para mim. Como Danielle explicou, “os planos deles para nós fracos humanos eram bem terríveis, mas o que estava em jogo nunca pareceu tão terrível quanto o iminente apocalipse.”
Talvez, o nosso maior problema com os Levis não seja o plano deles, mas o fato de não haver nenhuma conexão  pessoal com os nossos heróis. Pense em todos os grandes vilões que Sam e Dean enfrentaram todos esses anos. Estes vilões tinham algum vínculo pessoal com os Winchesters. Azazel matou a mãe deles e Jessica. Lilith tinha o contrato de Dean na mão, e foi fundamental para mandá-lo ao inferno. A libertação de Lúcifer foi possível porque Sam e Dean quebraram o primeiro e último selo. Mais tarde, mesmo quando impediram o apocalipse, ficou muito pessoal porque os dois eram os receptáculos de Michael e Lúcifer. É aí que os Levaitãs – e mesmo Eve na sexta temporada – eram vazios (não temíveis).
No começo esses monstros estavam dentro de Castiel, o que era muito pessoal. Mas depois que eles saíram, não havia mais a conexão. Depois os escritores tentaram colocar um vínculo pessoal, quando Dick foi responsável pela morte de Bobby. Isso funcionou, por um tempo. O afrontamento  de Dean e Dick na limousine no lado de fora do hospital onde Bobby estava de coma, foi o mais raivoso que eu vi Dean em um longo período de tempo. Mas mesmo assim, o tempo foi passando e começou a ficar menos pessoal. O objetivo de Dean em derrotar Dick sempre foi muito claro (pelo fato dele estar sempre “o caçando”), mas mesmo assim parecia algo que ele tinha que fazer. Isso também nos traz a apatia de Dean durante esta temporada, mas nós vamos falar sobre isso mais tarde. Mas foi a falta de conexão pessoal ou histórica com os Winchesters que me fez ficar mais ambivalente com relação aos Leviathãns como vilões.
Laura fez uma sugestão que poderia não cair bem com os fãs, mas que pareceria um conceito bem mais interessante. “Isso poderia ter quebrado o meu coração, mas eu quase desejei que eles tivessem deixado os Leviatãs dentro de Castiel, e fazer dele o grande vilão desta temporada, assim isso  seria algo mais pessoal, e ainda teriam que salvá-lo.  Eu não acredito que o arco mitológico iria durar a temporada toda (como aconteceu quando Azazel possuiu John), mas faria muito mais sentido com Castiel desaparecendo por alguns episódios e retornando como o grande chefe Leviatã, isso se os escritores quisessem um grande impacto emocional.” É uma sugestão polarizante, que faz bastante sentido e que faria com que tivéssemos mais conexão entre os vilões e os nossos heróis. Mas isso nos privaria de Dick Roman, então talvez não tivesse sido uma escolha ideal, mas nos provocaria mais emocionalmente.
CONTINUA... 
POST COMPLETO!! ►

quarta-feira, 13 de junho de 2012

NOVAS fotos promocionais de Jensen Ackles!!

Essas fotos ficaram realmente muito boas!Vale a pena conferir!



POST COMPLETO!! ►

quarta-feira, 6 de junho de 2012

7°temporada em Bluray !!

Essa é a capa do Bluray e Dvd da 7°temporada de Supernatural que será lançado no dia 18 de setembro de 2012 nos EUA.
Na minha opinião umas das capas mais bonitas de Supernatural!!

POST COMPLETO!! ►